Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2017

A classificação nos Transtornos do Espectro do Autismo

Já comentamos em outro post sobre os critérios diagnósticos no TEA, com os déficits qualitativos na interação social e na comunicação, padrões repetitivos e estereotipados de comportamento e um repertório restrito de interesses e atividades.
Ainda de acordo com a classificação vigente desde 2013, o DSM – 5, o TEA pode ser classificado em nível 1, 2 e 3 em ordem crescente de gravidade.
Mas o que significa isso?
Quando avaliamos uma criança dentro do espectro do autismo, essa avaliação representa um retrato daquele momento da criança e classificamos o nível de sintomas do autismo (isolamento, atraso de linguagem, comportamentos repetitivos) naquela avaliação.
Esses sintomas podem ser divididos em níveis: 
Nível 1 :prejuízo mínimo, que exige pouco apoio e na ausência desse apoio aparecem dificuldades sociais e de comunicação;
Nível 2: os sintomas presentes são moderadamente intensos e já exige um apoio substancial para o contato social;
Nível 3: muitos sintomas e com grande impacto que exigem …

Evento Vivere - TDAH

Dando continuidade aos nossos eventos em 2017, esse mês vamos nos reunir para conversar sobre o TDAH - Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade.

A troca e a parceria entre pais, profissionais da saúde e da educação é sempre o melhor caminho para a abordagem de nossas crianças. 

Explorar todo o potencial destes pequenos, respeitando suas dificuldades e estimulando suas habilidades formará crianças adaptadas e felizes.

Contamos com a presença de todos.
Vagas limitadas.

Um abraço
Dra Alessandra