Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Março, 2015

Terapia ABA. Vamos conhecer e entender!

Texto da psicóloga, especialista em terapia ABA, da clínica Vivere, Ana Luiza Roncati. 
Vamos aprender mais sobre essa terapia?
A terapia ABA é a terapia com abordagem analítico comportamental. ABA é a sigla para o nome, em inglês, de Applied Behavior Analysis, traduzindo: Análise do Comportamento Aplicada. 
Trata-se de uma intervenção terapêutica e educacional para questões socialmente relevantes baseada em uma abordagem científica chamada análise do comportamento. Portanto, de uma abordagem que pode ser usada em qualquer ambiente e com qualquer tipo de indivíduo, desde que socialmente relevante, como hospitais, empresas e clínica. 
A palavra aplicada é somada a analise do comportamento, pois o surgimento de tal linha teórica não foi no campo da prática clínica, mas sim em laboratório com pesquisas sobre o funcionamento básico do comportamento humano com Burrhus Frederic Skinner. 
A partir, então, da linha teórica construída a partir de estudos básicos é que foi se formando o campo da apl…

Epilepsia e Transtorno do Espectro do Autismo (TEA) - Conhecendo esta associação

Falar de epilepsia e TEA e mais ainda da associação entre essas condições é um trabalho árduo e esse texto não tem, de forma alguma, a pretensão de esgotar um assunto tão amplo e tão diverso.
Tanto a epilepsia quanto os TEA são categorias amplas de situações clínicas, com uma grande diversidade nos quadros clínicos e várias etiologias (ou causas) envolvidas, portanto a abordagem deste texto será mais genérica, sem nos aprofundarmos na peculiaridade de cada diagnóstico.
A incidência de epilepsia em pacientes com TEA é maior que na população geral e essa associação foi mencionada já na descrição do autismo por Kanner na metade do século passado. A prevalência de epilepsia nesses pacientes varia de 7,6 a 28% em diferentes estudos sugerindo que o autismo por si só aumentaria o risco de ocorrência da epilepsia.
Por outro lado uma incidência maior de autismo é também observada em populações de epilépticos, sugerindo assim uma provável base neurobiológica comum. Embora não haja ainda o conhecim…